16.7.12

lá vem o hiato, hiato aqui, hiato acolá. quem pousa por estas praias frias, um aviso nem tão hiatizado assim: ando escrevendo aqui e aqui. ando trabalhando debaixo de um cobertor. ando organizando meus textos. ando pensando um livro novo. ando esperando meu livro velho sair. beijos e abraços de lã.