11.11.11

11º ANDAR
Mãe sai do exame com um envelopão na mão. O resultado, todo nos conformes. Setenta e sete anos, mãos trêmulas e coração de touro. Filha, coisa rara, chegou bem em Curitiba? Está tudo bem com mamãe, a doutora disse que estou de parabéns. Alô, filha? Alô? O celular chia e o elevador desce.

Microconto publicado no Ilustrada de 11/11/11.